sábado, 2 de maio de 2015

MICRO-ONDAS - DICAS PARA USAR SEU MICRO-ONDAS


O micro-ondas é uma revolução nas cozinhas das donas de casa. Com ele você pode fazer várias coisas: esquentar, descongelar, cozinhar...

Veja algumas dicas de como utilizar melhor o seu microondas sem danificá-lo ou colocar em risco a sua segurança e de sua família.


- Recipientes plásticos podem ser usados para descongelar, preparar bolos, legumes, aquecer líquidos e alimentos.

- Utensílios de vidro refratário podem ser utilizados para cozinhar e aquecer com segurança, desde que não tenham frisos ou detalhes metálicos. Para cozinhar e aquecer em altas temperaturas, use vidro próprio para microondas.

- Recipientes de louça e porcelana resistentes, sem detalhes metálicos podem ser usados. - Os pratos são úteis quando se cozinha para uma pessoa e também podem servir como tampas.

- Vasilhas de cerâmicas vitrificadas servem para cozinhar ou aquecer. Para aquecer por breves períodos, pode-se usar vime ou outro material natural.

- Não use cerâmicas que não sejam vitrificadas por dentro e por fora, nem plásticos como melamina e poliestireno.

- Não use utensílios de cristal de chumbo nem vidro ou porcelana reparados com cola.

- Nunca coloque utensílios de metal em seu forno, a menos que tragam a recomendação de fábrica para este fim. Evite proteger alimentos com papel alumínio.

- Os alimentos cozinham melhor em recipientes circulares do que em quadrados ou retangulares, onde os cantos recebem maior energia, cozinhando mais rápido nesses lugares. Escolha tigelas fundas para cozinhar em banho maria.

- Caixas de papelão (sem frisos de metal) são uteis para assar bolos. Forre a caixa com papel manteiga antes de despejar a massa. Evite caixas cobertas com uma camada de cera, pois ela pode derreter.

- Use uma travessa redonda com um copo alto de vidro, no centro, para criar uma fôrma redonda de canudo. Segure o copo virado para cima, no lugar, enquanto despeja a massa.

- Para derreter chocolate, preparar sopas, alimentos com óleo, cremes, caldas e receitas que exijam muito tempo de aquecimento, não use utensílios plásticos – que correm o risco de deformar até derreter. A gordura e o açúcar derretem o plástico. Prefira refratários.

- No microondas, os legumes conservam todos os nutrientes, pois são cozidos no vapor.

- Para manter os alimentos quentes use a tampa própria para micro, ou cubra com papel toalha. Também se pode cobrir os alimentos com papel manteiga ou filme de PVC que traga o selo do fabricante dizendo que pode ser usado no microondas.

- Aqueça líquidos em recipientes com alças (caneca, jarra etc). Isso evita, dependendo do tempo de aquecimento, queimar as mãos ao retirar os alimentos.

- Cubra sempre os alimentos antes de levá-los ao microondas. Isso evita que a gordura espirre na parede do forno, cozinha mais depressa e por igual e cria vapor, o que amacia o alimento. Mas não cubra alimentos secos, como biscoito.

- Arrume os alimentos para que eles cozinhem por igual. Os de formato irregular, como brócolis, precisam ficar com as partes mais delicadas no centro e as maiores junto às bordas.

- Salsichas, linguiças e gemas de ovo podem explodir durante o cozimento se não forem perfuradas antes com um palito. Batatas, tomates e pimentões também – tudo que tem membrana ou película precisa ser perfurado, por causa do vapor que se acumula no interior do alimento.

- Não se prepara ovos com casca no microondas. Faça pochê ou mexidos.

- Qualquer massa pode ser descongelada diretamente no microondas, sempre acompanhada de molho, para que não fique ressecada.

- Na hora de preparar carnes, aves, peixes, arroz ou qualquer outra receita que envolva cozimento, tampe o refratário para cozinhar mais rápido e manter o alimento aquecido por mais tempo.

- Evite colocar sal na receita antes de cozinhar, pois ele desidrata o alimento.

- Converta sua receita favorita para o microondas. Reduza o tempo de cozimento pelo menos à metade e leve em conta que os alimentos continuarão a cozinhar depois de retirados do forno. Quanto mais grosso ou denso o alimento, maior o tempo necessário. Use 1/4 ou 1/3 do líquido pedido na receita convencional.

- Em relação ao preparo tradicional, é possível reduzir em 70% o uso do óleo no microondas, e em alguns casos até excluí-lo.

- Quando utilizar recipiente plástico, certifique-se que ele não tenha ficado mole ou deformado. Caso isso aconteça, é melhor não reutilizá-lo em microondas.

- A potência máxima (10) já vem programada em quase todos os aparelhos, com exceção dos mais antigos. Por isso é a única potência utilizada pela maioria das pessoas. Para utilizar qualquer outra, digite o tempo de preparo e em seguida aperte a tecla Potência, selecionando o número desejado.

- A tecla “Descongelar” só pode ser utilizada para carnes cruas, e o descongelamento deve ser lento para não alterar a textura da carne. Não selecione para pratos prontos, pois aumenta muito o tempo de preparo.

- Se o alimento for consumido imediatamente, pode-se usar a potência alta e um tempo menor para aquecimento. Se não, aumente o tempo para poder aquecer também a embalagem. Mas atenção: se aumentar o tempo de preparo, é necessário diminuir a potência, evitando que o alimento fique ressecado.

- As receitas de microondas tem um tempo mínimo e, um máximo. Use sempre o tempo mínimo e, somente quando necessário, use todo o tempo recomendado.

- Utilize o andar para microondas – uma peça especial de plástico para descongelar e aquecer os alimentos.

- O microondas deve estar instalado em local plano e firme, e para ter boa ventilação, não deve haver nada a menos 10 cm de distância do aparelho. Deve estar conectado a uma tomada exclusiva: a extensão pode sobrecarregá-lo e comprometer seu desempenho.

- Nunca ligue o forno se ele estiver vazio. As microondas podem se refletir nas paredes e estragar o forno. Deixe sempre um copo com água dentro do micro quando não estiver cozinhando, para evitar esse problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...