quarta-feira, 20 de abril de 2016

ECONOMIA - DÁ PARA COMPRAR IMÓVEL NO MEIO DESSA CRISE?


Não está nada fácil comprar imóvel. O crédito para financiamento recuou 33% em 2015, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), e a previsão é que caia ainda mais 20% em 2016.

Para o economista Luiz Calado, autor do livro "Imóveis – seu guia para fazer da compra e venda um grande negócio", esse não é mesmo um bom momento para comprar. Segundo ele, com a instabilidade econômica elevada, o risco de desemprego aumenta e não é aconselhável se endividar a longo prazo.

O preço dos imóveis também deve continuar caindo, o que significa que quem comprar agora pode pagar mais caro do que quem esperar um pouco mais. "É melhor continuar no aluguel e guardar dinheiro para uma futura compra."

Dicas para planejar a compra do imóvel

Dê a maior entrada - Junte dinheiro para dar a maior entrada possível. O ideal é acima de 50% de entrada. Quanto menor o prazo de financiamento, menores os juros e menor o risco de inadimplência.

Cuidado com a dívida - Nunca comprometa mais do que 30% da renda com a prestação do financiamento

Só compre com certeza - Se há perspectiva de se mudar ou aumentar a família, é melhor alugar. O processo da compra e da venda de um imóvel tem um custo de 10% do valor do imóvel só com pagamento de corretagem e impostos

Quem tem dinheiro tem desconto - Quem pode pagar à vista obtém descontos de até 20%, em média. A visita a saldões de construtoras pode render descontos ainda maiores, de mais de 40%, pois muita gente devolveu o imóvel porque não obteve financiamento ou porque percebeu que comprou muito mais caro do que o imóvel vale agora

Aluguel estratégico - Alugar um imóvel barato para morar pode ser uma boa estratégia para conseguir juntar dinheiro para a compra da casa própria

Não compre o imóvel dos sonhos - Não se frustre tentando comprar primeiro o imóvel dos sonhos. Se esse objetivo parece inalcançável num primeiro momento, comece juntando dinheiro para comprar um imóvel de menor valor. É mais fácil formar o patrimônio com passos pequenos de cada vez

Faça o orçamento -  Comprar uma casa envolve sacrifícios como deixar de sair todo fim de semana, fazer a viagem mais cara ou trocar o carro todo ano. É preciso economizar todo o dinheiro possível

Avalie seu crédito - Antes de se comprometer com uma compra, peça ao seu gerente uma avaliação de quanto crédito você poderá obter. Não confie apenas nos simuladores disponíveis nos sites dos bancos, pois a concessão de crédito depende da avaliação de sua real situação financeira.

Aplique na renda fixa - Para guardar dinheiro para a compra da casa própria, a recomendação é investir em renda fixa e em uma aplicação com o menor risco possível, tais como títulos pós-fixados indexados à taxa Selic do Tesouro Direto.

Confira a documentação - Verifique toda a documentação do imóvel e do vendedor antes de comprar, para não perder dinheiro. Quando comprar imóvel na planta, verifique a situação da construtora.
(Fonte: Uol)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...