terça-feira, 26 de agosto de 2014

ARTIGO - UM VÍCIO CHAMADO CHOCOLATE


É praticamente impossível encontrar alguém que não goste de chocolate. O doce faz sucesso pelo fato de possuir um sabor inconfundível e delicioso.

Nutritivo, o chocolate contém vitaminas e sais minerais, além de alto teor de flavonóides (antioxidantes que podem ajudar a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares) e de substâncias precursoras da serotonina (responsável pela sensação de prazer e bem-estar).

Pesquisadores descobriram que o chocolate, assim como a cafeína, estimula a produção de um produto químico chamado feniletilamina. Esta substância tem sido associada há algum tempo ao "sentir-se apaixonado"

O chocolate contêm nutrientes essenciais para energia, bom humor e prevenção da insônia. Alguns destes nutrientes estão ausentes em boa parte da dieta e os cientistas acreditam que o chocolate seja sua principal fonte.

O chocolate também proporciona uma vital quantidade de vitamina E, poderoso antioxidante, que evita a formação de placas de gordura nas artérias e que combate o colesterol ruim. Vários estudos científicos já mostraram que comer chocolate não eleva o nível do colesterol sangüíneo, isto porque a sua gordura denominada ácido esteárico não é tão nociva como as outras, explicam os pesquisadores.

Comer vegetais folhosos verdes, como brócolis e aspargos, é uma boa maneira de evitar o desejo intenso por chocolate, pois substitui algumas das substâncias que produzem o "vício".

As pessoas tendem a superestimar as calorias do chocolate. Uma barra média contêm apenas cerca de 210 calorias. O chocolate contém mais de 300 substâncias químicas diferentes e vários nutrientes necessários ao corpo.

O desejo pelo chocolate nas mulheres é mais acentuado do que nos homens. Isto porque nelas ocorre uma diminuição do neurotransmissor serotonina no cérebro quando a menstruação se aproxima, ficando com isso irritadas. O açúcar do chocolate, então, compensa a falta dessa substância, que promove o bem estar. Após trinta minutos depois da ingestão, já se nota uma mudança no sistema nervoso, levando ao relaxamento. A ansiedade para o consumo de chocolate tende também a aumentar logo depois da ovulação, quando o nível do hormônio progesterona diminui. No entanto, nas mulheres que tomam anticoncepcionais, essas flutuações hormonais não ocorrem, e de acordo com os pesquisadores, essas mulheres consomem menos chocolate.

Comer chocolate faz bem desde que não seja consumido em excesso. 
(Renata Rodrigues)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...