sábado, 21 de fevereiro de 2015

MINHA RECEITA - MOQUECA DO MEU JEITO

Meu nome é Omar Abdul, tenho 29 anos, casado há 2 e pai de uma linda Rotweiller de 1 ano. Tenho formação técnica em segurança industrial, estou no último período de Administração de empresas e com previsão para início de graduação em Gastronomia no primeiro semestre de 2016.

Meu remédio para o estresse do dia a dia é pescar (mas eu não pesco nadinha), ir para a cachoeira de Guapimirim, na Serra de Teresópolis, e cozinhar, esse último principalmente.

A técnica que aprendi para fazer minhas invenções culinárias sempre foi muito simples: primeiro seguir receitas passo a passo, depois sim, fazer à sua maneira. Utilizando essa técnica básica, aprendi a cortar, descascar, combinar temperos (essa etapa é a mais fascinante), misturar doce com salgado, criar meus próprios molhos, meus próprios hambúrgueres, minhas próprias massas e doces, entre outros. Agora só preciso aprender a fazer belas apresentações, que é onde ainda peco: “as pessoas comem com os olhos!”

Dentre o meu macaranha (macarrão lasanha), a cebola rocha agridoce no vinho, o camarão na abóbora sergipana (ou moranga), hambúrgueres diversos, quiche quatro queijos ou de camarão, tortas de coco, nozes e castanha, pastel crocante com doce de leite, tapioca de chocolate com coco ou morango, salmão na brasa com mostarda e palmito, entre outras diversas invenções e modificações no que já foi criado por outrem, existe a moqueca, que gosto muito, muito de verdade.

“Gosto tanto de moqueca, que já fiz de cação, camarão, linguado, lula, mexilhão e, acredite, bacalhau, que lógico, fiz a minha maneira, que só muda em pequenos detalhes, como por exemplo, o tempo de cozimento dos ingredientes e a quantidade, isso altera e muito o sabor de qualquer comida.”


INGREDIENTES
manteiga a gosto (ou azeite de oliva)
3 cabeças de alho triturados (ou a gosto)
2 cebolas de médias a grandes cortadas em rodelas de 1 cm (gosto muito da cebola roxa)
azeite de dendê a gosto
1 pimentão grande verde cortado em rodelas de 1 cm
1 pimentão grande vermelho cortado em rodelas de 1 cm
1 pimentão grande amarelo cortado em rodelas de 1 cm
3 tomates cortado em rodelas de 1 cm
6 postas de bacalhau dessalgado
200 g de azeitona verde ou preta sem caroço ou 300g de palmito cortado (a azeitona tira o gosto do palmito)
cheiro verde picado, sal e pimenta do reino a gosto
500 ml de leite de coco
coentro picado a gosto

MODO DE PREPARO
Numa panela grande em fogo médio (se não tiver a de barro, não tem problema) coloque a manteiga (ou azeite de oliva) e refogue o alho até pegar aquela corzinha (uns 4 ou 5 minutos). Em seguida coloque a cebola, o dendê a gosto, e refogue por mais 5 minutos. Adicione os pimentões e o tomate. Quando o tomate desmanchar e formar um molho, adicione as postas de bacalhau, as azeitonas (ou o palmito), cheiro verde, sal, pimenta do reino (é bom sempre experimentar o caldo para saber se o sal está no esquema). Depois de cozinhar com a tampa da panela fechada (cerca de 10 a 15 minutos), insira o leite de coco e o coentro e cozinhe por mais 5 minutos (não é preciso mexer, mas também não é proibido).

Para servir, sua apresentação pode ser bem simples: folhas de coentro sobre a moqueca com fio de azeite de oliva horizontalizados, use a criatividade!

Como eu ainda não tenho panela de barro, pra não ficar feio, passei a moqueca da panela para um refratário e consegui ainda salvar uma foto que minha amiga bateu. Não ficou linda a minha moqueca, porque como disse, peco na apresentação ainda, mas que ficou uma delícia, isso eu garanto, todos comeram no mínimo duas vezes!

Nota: O bacalhau dessalgado (você pode comprar dessalgado ou dessalgar até dois dias antes, trocando a água por no mínimo umas 3 ou 4 vezes) pode ser utilizado em posta ou desfiado, prefiro desfiado, pois é mais fácil remover espinhas e também mexer a panela sem ter de ficar tomando cuidado para não desmanchar as postas

O dendê tem um gosto muito forte, para algumas pessoas pode se tornar enjoativo, então modere.

Não confie no caldo existente na panela, sempre dê uma olhada e veja se não secou, um ingrediente queimado pode comprometer toda a moqueca. Se secar, pode colocar mais azeite e tomate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...