sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

SERGIO CARRANO - GORDURA TRANS


A gordura trans é um produto criado em laboratório, a partir de um óleo vegetal submetido a um processo de hidrogenação. Com isso, se transforma em uma gordura sólida, muito utilizada nos produtos processados como biscoitos, bolachas recheadas, sorvetes e confeitaria em geral.


Essa gordura faz você sentir aquele crocante "crack" no alimento, acreditando que ele está fresquinho.  Mas, essa impressão de que o produto está crocante é uma verdadeira farsa. Experimente fazer um biscoito caseiro sem gordura trans e deixar ele em um recipiente por dois dias. Você vai perceber que ele fica mole.

Pois é. A gordura trans faz milagre! Milagre de manter o alimento dentro de um pacote de plástico na prateleira do supermercado por longos meses.

Segundo pesquisas, essa gordura é tão perigosa para a saúde que a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não recomenda seu consumo. Vários estudos indicam sua relação com infartos, diabetes, aumento do mau colesterol e diminuição do bom colesterol.


O pior de tudo é que segundo a legislação, fabricantes podem omitir nas informações nutricionais até 0,2 g dessa gordura na rotulagem - tabela nutricional. Mas, se você analisar os ingredientes, provavelmente vai encontrar a informação sobre a presença da gordura trans, em letrinhas bem pequenas.

Cuidado com o "zero trans" colocado na embalagem! Leia o rótulo com atenção.

Mas nem tudo está perdido. Via de regra, produtos industrializados de origem natural e orgânicos tem prazo de validade inferior aos convencionais porque não se utiliza gordura trans e ingredientes químicos danosos à saúde. Nestes alimentos, o "crack" é um processo natural.

Sergio Carrano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...