quinta-feira, 5 de junho de 2014

ETIQUETA - ALMOÇO DE NEGÓCIOS


Cliente não é seu amigo pessoal. Para entrar no assunto quebre o gelo, mas sem comprometer sua imagem.

A prática é comum no mundo dos negócios, convidar um cliente importante para almoçar é como descontrair o que seria uma reunião formal dentro de uma sala fechada com café, água e pontos a discutir. A etapa é uma das principais para favorecer a imagem do contato, portanto é preciso saber de alguns pontos para que tudo saia de acordo com o pretendido por quem pretende ter o cliente mais próximo.

- Para facilitar, escolha um lugar onde você já tenha ido várias vezes e tenha um atendimento decente para tornar o encontro o mais tranquilo possível.
- Evite lugares muito rebuscados, muitos pratos e muitos copos podem constranger o convidado.
- Escolha um lugar agradável e nada barulhento para que os assuntos possam ser discutidos em bom tom.
- Preocupe-se com o cheiro do ambiente, engravatados não podem se arriscar a ficar com cheiro de gordura no terno.
- Para vencer a resistência do contato e humanizar a conversa, comece por um assunto pessoal que não prejudique sua imagem, mas não se estenda nele.
- Siga as etapas da conversa de acordo com os pratos servidos: descontração e introdução do assunto na entrada, discussão da proposta durante o prato quente e conclusões e próximas etapas na sobremesa.
- Evite restaurantes com mesas muito próximas para que as pessoas ao lado não tenham acesso aos assuntos discutidos.
- Mesmo que você tenha feito o convite, pergunte se o cliente tem preferência por algum lugar. 
- É importante ter um bloco de anotações para não esquecer o que foi falado no almoço. 
- Evite falar mal dos concorrentes para mostrar que seu produto é melhor. Atente-se apenas para as suas vantagens e não para os defeitos alheios. 
- Mesmo que o encontro for descontraído, jamais sugira bebida alcoólica, afinal, você está em horário de trabalho
- Procure estabelecer o período de 1h30 para a duração, não alugue o cliente por muito tempo, todos têm afazeres após o almoço, por mais que você queira ganhar a simpatia dele.
- Celular desligado. E ponto final, até porque é como se você tivesse em uma reunião.
- Entre no assunto dos negócios somente quando sentir uma oportunidade por parte do cliente. Não comece despejando propostas antes mesmo de a bebida chegar à mesa.
- Quem convidou para o almoço paga a conta. Não tente economizar nesse momento, é educado para a conta para o cliente, demonstra cuidado e interesse. Sugerir a divisão da conta no primeiro encontro pode parecer mesquinhez. 
- É muito elegante sair da mesa pouco antes do almoço terminar e acertar a conta direto com o garçom, sem que o convidado saiba.
(Fonte: Área H)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...