quinta-feira, 14 de agosto de 2014

BELEZA - RACHADURA NOS PÉS


Das podopatias (doenças nos pés), uma das que mais se destacam no sexo feminino, principalmente, é a rachadura no calcanhar ou fissura calcânea (lesões lineares ou estreitas da pele).

São lesões lineares, com espessamento e endurecimento, com perda de elasticidade que abre a pele.

As fissuras calcâneas podem variar em espessura; algumas lesam a pele apenas superficialmente e, outras podem até atingir tecidos profundos, com sangramento, devido ao espessamento e endurecimento da camada externa da pele (hiperqueratose), onde o tecido perde a elasticidade e abre, pela pressão ao se movimentar.

Às vezes, atingem os nervos, presentes na derme (segunda camada da pele), causando sangramento e a dor é como se cortasse a pele, com uma navalha.

Causas Frequentes
- Defeitos Ortopédicos: forma de pisar ou andar incorreta
- Hereditariedade
- Alterações Climáticas: Frio, calor
- Falta de hidratação - Não beber água suficiente
- Diabetes: Pele seca, e sem sensibilidade, é um perigo
- Problemas vasculares
- Consequência de psoríase
- Micoses
- Agressões químicas
- Andar descalço: Além do uso de calçados abertos nos calcanhares (sandálias) entre outros

Como Prevenir
Geralmente achamos que temos que lixar os pés até ficar bem fininho, ou eliminar toda queratose (pele morta), mas isso é muito errado! Pois quando lixamos os nossos pés abusivamente sem controle e conhecimento, aumentamos a queratose (pele morta) e fissuras, pois o nosso organismo entende que este lixamento maior é como uma agressão e com isso ele vai querer se defender gerando mais queratoses. Tudo tem um limite.

Forma de Cura
É hora de hidratarmos mais os pés! Para hidratação de fissuras (rachaduras) do calcanhar podemos utilizar vários produtos hidratantes, devemos evitar produtos que contêm em sua fórmula, o ácido salicílico. Não é recomendável no portador da diabete, pois, muitas vezes, apresentam pele bastante seca, juntamente pela diminuição da sensibilidade (neuropatia periférica), os riscos de uma lesão tecidual são muito grandes, e as consequências, bastante graves.

É aconselhado procurar uma podóloga profissional que faz uso de produtos, aparelho, técnicas e orienta, como se pode eliminar ou amenizar este problema de rachaduras, ajudando a fechar essas fissuras, tudo vai depender do que causa, e principalmente da cooperação do cliente.

Lembre se que, fissura calcânea intensa por longo período, às vezes, é sinal de doenças como diabetes, entre outras. Dependendo do prognóstico, o cliente é encaminhado a especialistas em dermatologia, endocrinologia, ortopedia, ou outras áreas médicas, pois assim, poderá ser diagnosticada a causa das fissuras calcâneas.


Cremes
Os cremes mais indicados para as rachaduras nos pés acabam sendo aqueles cremes mais espesso, bem oleosinhos, mais umectantes. Em geral, opta-se por cremes que tem vaselina, lanolina. Em casos mais graves, são usados cremes com ureia e outras substâncias que ajudam a remover a camada de células mortas da pele.

Há uma dica simples, mas que sempre funciona. Após o creme, colocar um filme plástico nos pés na hora de dormir ou usar uma meia de algodão. Isso vai potencializar a ação do hidratante e a pessoa, certamente, acordará com os pés muito mais macios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...