quarta-feira, 1 de abril de 2015

CABELO - QUAL A ESCOVA MAIS INDICADA PARA QUEM QUER TER CABELOS LISOS


A maior parte das mulheres brasileiras têm cabelos que vão do ondulado ao cacheado – de acordo com pesquisa feita pela marca de cosméticos L’Oréal, dentre as brasileiras de fios lisos, apenas 21% têm cabelos assim naturalmente. As outras 79% lisas têm de apelar para a chapinha, ou então para algum tratamento químico, como os alisamentos e escovas.

Antes de partir para um desses tratamentos alisantes, porém, é necessário saber que cada cabelo tem suas particularidades, e nem todo mundo pode aderir. É preciso prestar atenção na vitalidade dos fios. Não é recomendado, por exemplo, alisar cabelos finos, secos ou desidratados. A química pode enfraquecer ainda mais os fios, levando até à queda parcial.

E nada de alisar cabelos de crianças e pré-adolescentes – nessa fase da vida a pele é mais permeável, e, por isso, mais suscetível aos efeitos adversos dos produtos químicos.

Cabelos crespos
Se você tem fios crespos e quer alisar, os especialistas indicam ativos que mudam a forma do cabelo, como, por exemplo, tioglicolato de amônia, hidróxidos de sódio e guanidina, que são bastante eficazes para um alisamento saudável. Mas estes elementos não podem ser misturados – escolha um só. Algumas escovas que usam esses ativos são: escova americana, que tem longa duração e dá um efeito liso natural, e a escova “botox”, que contém cisteína, um aminoácido que penetra na parte interna da cutícula e realinha toda a sua estrutura.


Cabelos ondulados ou cacheados
A substância ideal para a escova permanente nesse tipo de cabelo também é o tioglicolato de amônia ou em alguns casos proteínas ou queratina. Os fios não precisam ser tão domados e se o cabelo não tiver descoloração ou outro tipo de química, o tratamento pode ser mais abrasivo. Nesse caso, as escovas indicadas são: inteligente, que deixa o cabelo liso de forma natural, a escova de chocolate que, em sua versão sem formol, reduz o frizz e diminui o volume, a escova marroquina que hidrata e deixar os fios lisos ao mesmo tempo e a escova bossa nova, que têm óleos de palmeiras e ativos catiônicos que podem eliminar a formação do frizz.


Cabelos tingidos
O alisamento ou relaxamento somente pode ser feito em cabelo com tintura e coloração por profissional qualificado, e é preciso sempre aplicar o produto em uma mecha teste para saber se os cabelos resistirão ou não.

Quem tem mechas ou reflexos também entra nessa categoria e, em alguns casos, o formol prejudica mais ainda quem tem reflexos. O cabelo tingido pode ser fruto somente de coloração, enquanto luzes geralmente são descoloridas. No caso dos tingidos, as escovas e tratamentos indicados são as escovas de frutas, que hidratam os cabelos com proteínas, e a de carbocisteína, que não possui formol.


Cabelos lisos
Quem já tem as madeixas lisas, mas quer um brilho maior pode recorrer às escovas com aminoácidos, como a indiana, que mistura chá verde e outras especiarias, ou relaxamentos, que são a versão mais fraca dos alisamentos, podendo dar o resultado de brilho sem alterar a forma capilar.


Grávidas e amamentado
Seja qual for o tipo de cabelo, a gestante ou nutriz deve conversar com seu médico antes de fazer qualquer tratamento químico. Ao longo da gestação é comum que os cabelos mudem devido às alterações hormonais. Algumas mulheres que tem os fios oleosos podem ficar com eles ainda mais oleosos, os lisos podem ficar finos e até ondular, já os cacheados podem perder suas formas e ficarem lisos do meio até as pontas.


Fios Brancos
Os cabelos, independente de forma ou cor, podem sofrer ou não alterações de acordo com sua elasticidade e resistência. O cabelo fica branco por um processo genético, mas isso não faz dele um cabelo sem vitalidade. A escova indiana é bem indicada nesse caso, porque ajuda a combater o envelhecimento dos fios e sua formula contém 50% menos química do que as escovas tradicionais.
(Fonte: Delas)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...