domingo, 14 de fevereiro de 2016

CARRO - DESCUBRA COMO É CALCULADO O VALOR DO IPVA


O sinônimo de medo para muita gente está representado em quatro letras: IPVA. Por mais que o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores seja cobrada anualmente, muitos ainda se perguntam por que devem pagar determinado valor.

Pois bem, a cobrança do imposto é feita pela Secretaria da Fazenda do Estado onde o veículo foi emplacado. Ela leva em consideração o valor venal pelo veículo (que é pesquisado e definido pela Fipe), além da alíquota do imposto que é definida particularmente por cada Estado.

Para chegar ao valor venal de um carro, moto ou caminhão, a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) leva em consideração quesitos como marca, modelo, ano de lançamento e de fabricação, cor e outros fatores pormenores.

Já a alíquota de imposto depende do tipo de veículo. Em São Paulo, por exemplo, automóveis a gasolina ou bicombustível o valor é de 4% do valor venal do veículo. Para os veículos que rodam apenas a etanol, gás natural ou os elétricos a alíquota é de 3%. O valor abaixo para 2% no caso de motos, caminhonetes cabine simples, ônibus e micro-ônibus, enquanto para os caminhões o valor incidido é de 1,5%.

Vale lembrar que apenas veículos com mais de 20 anos de fabricação não pagam o IPVA, mas não se livram do Seguro DPVAT, que é obrigatório e custa R$ 105,65 no caso de automóveis de passeio.
(Fonte: WebMotors)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...